Júri



Orlando Esteves

Orlando Esteves

A sua experiência faz dele um guardião da cozinha tradicional portuguesa. Nasceu na região de Coimbra e aí começou o seu percurso dedicado à cozinha. Andou de hotel em hotel com a forte convicção de aprender e conhecer tudo o que há de novo. A viagem obrigatória para quem pretende evoluir levou-o até Inglaterra, onde solidificou os seus conhecimentos em gastronomia e, em particular, em cozinha italiana. Nos anos 80, regressou a Portugal e estabeleceu-se no Hotel Palácio Estoril, onde chefiou a cozinha durante várias décadas. Foi presidente da Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal e é actualmente figura activa na profissão integrando a equipa de júri de vários concursos de cozinha, como o Concurso Chefe Cozinheiro do Ano, no qual recebeu o Troféu de Grande Mérito pelo seu papel junto da classe dos profissionais de cozinha e no concurso Gastronomia com Vinho do Porto.

Michele Marques

Michele Marques

É brasileira mas já criou raízes no Alentejo, mais propriamente em Estremoz. Desde pequena, sentia que a cozinha fazia parte de si, mas na altura de escolher o curso, optou por seguir jornalismo. Já em Portalegre, e com 21 anos, inscreveu-se na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre. Seguiu-se um estágio no restaurante Feitoria, em Lisboa. Em 2009, abria a Gadanha, ainda só com a vertente de Mercearia. Em 2013, nasceu o restaurante Gadanha Mercearia, onde a cozinha regional com um twist de modernidade é o cartão de visita.

Marlene Vieira

Marlene Vieira

Chefe de cozinha com alma do norte. A ligação à cozinha começou cedo, por sua iniciativa. Aos 12 anos, pediu aos pais que a deixassem trabalhar num restaurante durante as férias de verão. Depois desta experiência, passou a dividir o tempo entre a escola e a cozinha, e aos 16 anos inscreveu-se na Escola de Hotelaria de Santa Maria da Feira. Começou por trabalhar num hotel de charme em Vila do Conde. Depois de ano e meio, fez a mochila e viajou até Nova Iorque, onde trabalhou num restaurante português, o Alfama, durante dois anos. Regressada a Portugal, trabalhou em hotéis de 5 estrelas e alguns restaurantes. Participou também no concurso Chefe Cozinheiro do Ano.

Com 31 anos, abriu o Avenue, em Lisboa. Aí, durante três anos, mostrou o seu trabalho com muito sucesso. Seguiu-se o Panorâmico by Marlene Vieira. Actualmente, é no Time Out Market, em Lisboa, que apresenta as suas criações com forte raiz na cozinha tradicional portuguesa.

Gonçalo Queiroz

Gonçalo Queiroz

Nasceu em Lisboa, mas cresceu no Barreiro. Começou por estudar jornalismo e marketing mas sentiu que lhe faltava algo. Foi quando se aventurou em Évora, junto da sua mulher. Inscreveu-se na escola de hotelaria, onde completou o curso de restauração.

Quando acabou o curso, regressou a Lisboa onde trabalhou na Bica do Sapato. Seguiu-se o M'ar de Ar Hotel Aqueduto, em Évora , o L'and Vineyards em Montemor-o-Novo e o Ecorkhotel, em Évora. Em 2013, decidiu emigrar para os Emirados Árabes Unidos para chefiar o restaurante Picante no Four Points by Sheraton, no Dubai.

Em Junho de 2016, regressado a Portugal inaugura o seu restaurante Origens, em Évora. Em 2019 foi distinguido com o prémio de melhor Chef da região do Alentejo na categoria de Mais Chefe.